domingo, 10 de maio de 2009

Factores que influenciam a segurança de uma via rodoviária


«No projecto de uma via haverá que atender, em termos de segurança, a uma série de factores, nomeadamente:
- volume de tráfego;
- tipo de veículos;
- largura da via;
- largura da berma e respectiva desobstrução;
- raio das curvas e sua variação;
- distâncias de visibilidade;
- comprimento das rectas;
- inclinações transversais e longitudinais;
- tipo de cruzamento (conflitos)
- número de vias;
- circulação de peões;
- tipo de pavimento e drenagem;
- existência ou não de separador;
- estacionamento ilegal;
- iluminação;
- uniformidade do traçado e restantes elementos, de forma a respeitar as expectativas do condutor;
- controlo das velocidades e sua compatibilização;
- vento lateral;
- amplitudes climáticas;
- sinalização e nível de qualidade de equipamento de segurança.»

Geometria das Vias Urbanas, Nuno Miguel Soares Martins de Carvalho, Revista “Arquitectura e Vida”, n.º 54, Novembro de 2004.


Será que os arquitectos estudaram estes assuntos no seu curso?


3 Comentários:

Às 11 de maio de 2009 às 13:30 , Blogger Margarida Pereira disse...

Alguns dos 'jóves' arquitectos tiraram o canudo à rasquinha, com dez.
Basta vermos os 'belos' edifícos 'novos' que pululam por aí...
Deuses...

 
Às 14 de maio de 2009 às 19:39 , Blogger Nuno Carvalho disse...

Concordo, são os novos deuses (pelo menos em Portugal).
Em simultâneo vão-se destruindo belas casas antigas; por vezes sobra a fachada, mas quando o interior original é demolido a casa perde o encanto.

 
Às 14 de maio de 2009 às 20:46 , Blogger Margarida Pereira disse...

ai!... Nuno...'deuses' é uma expressão que uso muito...:)), não os estava a apelidar assim a eles. Pelo menos, não aos 'jóves' de que falei.
Há alguns 'consagrados' que o são ('endeusados').
Com uns concordo um bocadinho, com outros, nesta encarnação, não.

 

Enviar um comentário

<< Página inicial