quinta-feira, 21 de outubro de 2010

CHOCOLATES REGINA










E os restantes chocolates que existiam, quando irão ser ressuscitados?


3 Comentários:

Às 30 de outubro de 2010 às 17:56 , Blogger Margarida disse...

Tenho dois colegas que trabalharam na Regina, e que contam algumas histórias.
O 'segredo' daquela paladar que hoje não reencontramos era (sobretudo) a origem do cacau.
Apesar de ser gratificante descobrirmos os embrulhinhos da nossa infância e juventude, o recheio não será mais o mesmo...
(snif...)

 
Às 1 de novembro de 2010 às 22:07 , Blogger Nuno Carvalho disse...

Um comentário da maior relevância! Em Portugal há uma forte tendência para desvalorizar o património nacional industrial o que resulta em perdas enormes, a diversos níveis.
Seria bom que esses segredos não se perdessem e fossem devidamente valorizados, reconhecidos e, quem sabe, um dia ressuscitados!

 
Às 13 de novembro de 2010 às 23:01 , Blogger Margarida disse...

Ah, Nuno, impossível..., as multinacionais tendem a 'normalizar' os gostos..., o embrulho pode recordar-nos outros tempos, mas o paladar jamais será o mesmo.
Havia ainda outro ingrediente secreto: o amor.
Quando perdido...

 

Enviar um comentário

<< Página inicial